pesquisa

Líder em mais um pesquisa, Ronaldo Caiado diz que recebe números com humildade

Diagnóstico Pesquisas e Comportamento/Diário da Manhã

Líder em mais uma pesquisa de intenção de voto para a disputa ao governo de Goiás, divulgada edição desta terça-feira (12/06) do Diário da Manhã, o pré-candidato a governador e senador Ronaldo Caiado (Democratas) recebeu os números divulgados “com muita humildade”.

Segundo o levantamento do instituto Diagnóstico (Registro TRE 07233/2018, em 5 de junho 2018) Ronaldo Caiado anota 41,1% das intenções de voto, cinco vezes mais em relação ao segundo colocado. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Na pesquisa espontânea, o democrata registra 18,2% da preferência do eleitorado, enquanto o segundo colocado está mais de quatro vezes atrás do senador do Democratas.

“Agradeço com muita humildade e respeito os números dessa pesquisa publicada pelo jornal Diário da Manhã de hoje. Reflete o apoio que recebemos da população e de lideranças suprapartidárias. Mas o importante é manter o foco e continuar nosso trabalho para mostrar nossas ideias e ideais a todo o Estado. E levar esperança a nossa gente para promover a mudança e a renovação que Goiás deseja!”, pontuou Ronaldo Caiado.

1

Grupom/DM: Ronaldo Caiado diz que o foco é seguir compromissado com a verdade para renovar e mudar Goiás

O senador Ronaldo Caiado comentou a pesquisa Grupom/Diário da Manhã, publicada nesta segunda-feira (14/5). “Pesquisa eu sempre recebo com cautela, responsabilidade e, acima de tudo, humildade. O importante é manter o foco e redobrar os esforços no que importa: corresponder a essa esperança dos goianos por dias melhores depois de um governo de 20 anos, que não atendeu às necessidades de nosso Estado. E seguir sempre compromissado com a verdade para renovar e mudar Goiás”, disse

O senador Ronaldo Caiado (DEM) seria eleito governador de Goiás se as eleições fossem hoje com 40,2% das intenções de voto, aponta a primeira rodada da pesquisa Grupom/DM da sucessão estadual, realizada entre os dias 06 e 10 de maio. O deputado federal Daniel Vilela (MDB), aparece em 2º, com 10,65% e o candiato do Palácio, José Eliton (PSDB) ficou em 3º com 9,8%. Kátia Maria, do PT, tem 3,4%. O pré-candidato do Psol, Fabrício Rosa, pontuou 1,95%

O Grupom ouviu 801 eleitores, com margem de erro de 3,3 pontos porcentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo número BR-09426/2018 e no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo número GGO-07780/2018 no dia 07 de maio 2018. Dos 801 eleitores consultados, 19,7% afirmaram que votarão nulo ou não vão votar, enquanto 14,3% disseram ainda não ter decidido.

Na pesquisa espontânea, em que os nomes dos candidatos não são apresentados ao eleitor, os indecisos a seis meses das eleições somam 55,8%. Caiado lidera as intenções de voto com 13,9%. Eliton tem 4,8% e Daniel, 4,2%.

pesquisa 04

Senador Caiado diz que recebe com cautela e humildade resultado de pesquisa Serpes/O Popular

“Recebo com cautela, responsabilidade e humildade acima de tudo o resultado da pesquisa. Não podemos perder hora alguma o foco, que é a unidade das oposições e a busca por projetos que estejam em sintonia com o que a sociedade deseja. Os goianos hoje querem algo novo, que não esteja atrelado às velhas práticas que não solucionam os seus problemas. Querem mudar Goiás”, disse o senador.

De acordo com a pesquisa estimulada, atrás de Ronaldo Caiado está o vice-governador José Eliton (PSDB) com 6,7% das intenções de voto e Daniel Vilela (MDB), com 6,2%. Em todos os cenários colocados para o segundo turno, Ronaldo Caiado também está na dianteira. Na disputa com José Eliton ele teria 42,4% das intenções de votos, enquanto o tucano somaria 11,2%. Já com Daniel Vilela o democrata teria 42,7% contra 8,9% do emedebista.

O levantamento mostrou ainda que, no atual cenário, Ronaldo Caiado poderia vencer a disputa ainda no primeiro turno das eleições. Foram ouvidos 801 eleitores em todas as regiões do Estado. A margem de erro da pesquisa é de 3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos.

hoje2

Ranking aponta Caiado como o melhor parlamentar de Goiás

O líder do Democratas no Senado Ronaldo Caiado (DEM) é o melhor parlamentar de Goiás, de acordo com Ranking dos Políticos elaborado pelo site politicos.org.br.

O senador goiano atingiu 197 pontos no ranking, que leva em conta critérios como assiduidade nas sessões, privilégios, processos judiciais e qualidade dos projetos apresentados.

Sempre busco, acima de tudo, honrar os votos dos goianos. Com ética e honestidade. Para isso, não fujo do meu papel: fiscalizar, apontar os erros e irregularidades cometidos por outros agentes, propor projetos, caminhos e soluções para os problemas. Ferramentas do tipo sempre são válidas e ajudam a prestar contas dos mandatos, que cada vez mais precisam ser transparentes no trabalho em defesa do cidadão.

Em entrevista ao Diário da Manhã, os idealizadores do site, Renato Feder e Alexandre Ostrowiecki, explicaram que a ideia do ranking é ajudar os brasileiros a escolherem melhor seus representantes no Congresso.

“Classificamos os legisladores do melhor para o pior. Sabemos que existe uma enorme quantidade de corruptos e incompetentes na política brasileira. No entanto, se votarmos em massa nos melhores (ou menos piores) incentivaremos uma melhora no panorama político do Brasil”, explicam.

Atlas Político

No ranking Atlas Político, Caiado atingiu 4.136 pontos, o que o deixa em primeiro lugar entre os políticos goianos no Congresso.

A pontuação é baseada em critérios como representatividade, fidelidade partidária, ativismo legislativo e a qualidade do debate parlamentar.

11852667_10155968843735245_327504460_o

Rejeição recorde pode levar País a convulsão social, diz Caiado sobre pesquisa CNT/MDA

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), comentou a manutenção de um índice recorde de rejeição por parte da população com a presidente Dilma Rousseff e o governo federal. Recente pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (27/10) revelou que a reprovação ao Governo Dilma segue em 70%, a mais alta já registrada para um chefe de Estado brasileiro. Ele aponta que os números estão em consonância com o que é sentido nas ruas do país.
“É uma comprovação daquilo que nós sentimos no dia a dia: um governo totalmente deteriorado, sem a menor capacidade de apresentar qualquer projeto que tenha credibilidade com a população brasileira. Estamos caminhando para o primeiro ano de um governo que não governa e só tem levado o Brasil para um quadro grave de convulsão social”, alertou Caiado.
O democrata se refere à insatisfação de maior parte da população com o governo. De acordo com ele, essa insatisfação agora passa para o Congresso Nacional diante do impasse em relação ao processo de impeachment da presidente. Para Caiado, à medida em que Câmara e Senado não atendem aos anseios dos brasileiros, amplia-se a crise política e a descrença do país com a política nacional.
“Tanto do ponto de vista das provas jurídicas, quanto do ponto de vista da população, já temos argumentos suficientes para que o processo de impeachment já tivesse sido apreciado. Só não aconteceu por articulações de ‘toma lá, dá cá’ e ameaças de um lado contra outro. A presidente finge que nada está acontecendo. A Câmara dos Deputados procrastina de acordo com a vontade do presidente. Passou a ser um jogo muito mais de interesse pessoal do que realmente o interesse do país e da sociedade brasileira”, comentou Caiado.

 

Pesquisa Ibope consolida ingovernabilidade de Dilma, diz Caiado

16990449532_4f28b7a5d9_z

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), comentou há pouco a nova pesquisa Ibope/CNI que mediu a popularidade do governo Dilma. Para o senador, os dados de que apenas 12% da população aprovam o governo e 74% não confiam na presidente Dilma Rousseff consolida o quadro de ingovernabilidade.

“Com mais essa pesquisa, está consolidado o quadro de ingovernabilidade. Por não ter comando, a sociedade não vê condições de Dilma implantar reformas e ajustes necessários para o País. Isso está comprovado com os 74% que não confiam em Dilma”, afirmou.

Para o parlamentar, as mentiras da presidente usadas para se reeleger quebraram todo traço de confiança do povo em seu governo.

Caiado sobre pesquisa CNT/MDA: Só vaidade pessoal mantém Dilma na Presidência

16857571075_dac9047a65_z (2)O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), comentou os números da recente pesquisa CNT/MDA que atestaram um resultado negativo histórico para o governo da presidente Dilma Rousseff. O senador também enfatizou a revelação do levantamento de uma grande aprovação da população em relação aos protestos contra o PT.

“Dilma não pode governar para apenas 10,8% da população que ainda aprova sua gestão. Não há mais como ter governabilidade quando 77.7% rejeitam o seu governo e 82,9% não acreditam que a presidente vai saber lidar com a crise institucional. Se houvesse alguma visão republicana, ela renunciaria ao mandato e convocaria novas eleições. Só a vaidade pessoal de Dilma a mantém na Presidência, pois não há mais nenhuma base de sustentação”, afirmou Caiado.

Para o democrata, o resultado que confirmou o sentimento nas ruas das principais cidades do país também mostrou que a indignação do brasileiro não se resume à figura de Dilma, mas aos 12 anos de Governo PT. Ao todo, 67,9% também culpam o ex-presidente Lula pelo escândalo do Petrolão.

“Não é a figura de Dilma, mas o que ela hoje representa depois de 12 anos desse modelo de governo. O PT ainda insiste em querer ocupar o que não lhe pertence mais. Não há mais legitimidade para esse partido continuar à frente do país e esta situação está levando a um prejuízo enorme. O Brasil está parado e nem todo o cimento do Grupo Votorantim colado ao pé de Lula e Dilma dão sustentação a esse governo”, ironizou.