WhatsApp Image 2018-04-12 at 15.01.28

Governo de Goiás abandonou saúde do estado causando fila de 55 mil pessoas para realização de cirurgias eletivas, diz Caiado

Senador comentou pesquisa que apontou: 53,1% dos goianos colocam a saúde como principal problema a ser atacado pelo estado
Ronaldo Caiado propõe hospitais de campanha para sanar déficit de cirurgias eletivas e auditorias nas OS´s para garantir aplicação correta do dinheiro público
O senador Ronaldo Caiado (Democratas) disse nesta quinta-feira (12/4) que o governo Marconi Perillo abandonou a saúde do estado causando uma fila de 55 mil pessoas para realização de cirurgias eletivas. Para o líder do partido no Senado, o ex-governador vendeu a ilusão ao goiano de que iria melhorar a infraestrutura de hospitais do estado, mas deixou Goiás entre os piores do país no atendimento à saúde. Caiado comentou a pesquisa Serpes/O Popular que apontou que 53,1% dos goianos colocam a saúde como principal problema a ser atacado pelo estado. Conforme o parlamentar, o colapso do setor ocorreu pelo descaso do governo que destinou muita verba para propaganda de hospitais que nunca saíram do papel ou que estão sem condições de atendimento.
Ele lembrou o recente levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM), que coloca o estado como o terceiro com maior déficit de cirurgias eletivas no Brasil – 55.195, pessoas que aguardam para serem operadas de catarata, varizes ou vesícula. Médico e profundo estudioso da área, Caiado propõe o levantamento emergencial de hospitais de campanha para zerar esse déficit e um entendimento com a rede privada que atende o SUS para complementar a assistência e garantir maior qualidade e eficiência no atendimento da população.
“Vejam vocês a radiografia da saúde no nosso estado de Goiás. O Conselho Federal de Medicina em seu último levantamento mostra que o estado de Goiás tem uma fila de 55 mil goianos esperando cirurgias eletivas. Esse quadro é caótico. Nós estamos entre os três piores estados no que diz respeito à atendimento na área da saúde. Esse colapso se deu exatamente porque o governo nunca se ocupou nesses últimos 20 anos do setor. Não é ficar apenas ficar dizendo que vai construir hospitais, é para colocá-los para funcionar. Existe sempre àquela ilusão de uma parede que é levantada, um hospital que é prometido, mas a parede em si não opera paciente, não atende às pessoas”, atestou Caiado.
”O que nós queremos, mais do que nunca, diante desse desafio, é, se pudermos chegar amanhã ao governo do estado, implantar, em caso emergencial, hospitais de campanha, hospitais pré-moldados para que rapidamente possamos atender milhares e milhares de goianos que estão ansiosos e desesperados para serem atendidos”, acrescentou.
Organizações Sociais 
 
O senador também defende uma auditoria nas organizações sociais que administram unidades de saúde do estado, já que existem uma série de denúncias de desvio de recursos para caixa dois de campanha eleitoral e enriquecimento ilícito.
“Não podemos admitir mais a situação das OSs (Organizações Sociais) sem que seja feita uma auditoria profunda para que a gente possa ter a certeza que o dinheiro está sendo usado corretamente para atender os goianos e não para promover o enriquecimento ilícito de tantas pessoas. O que nós precisamos é de fazer com o que o cidadão goiano tenha condições de ter assistência médica.  Além do mais, quero dizer que tenho a coragem de enfrentar esse debate e promover um grande entendimento com a rede privada que atende pelo SUS e ter um complemento para desafogar essa fila que tanto tem judiado e matado nosso povo nesses últimos 20 anos”, afirmou.
WhatsApp Image 2018-04-09 at 15.34.11

Caiado é recepcionado com gritos e aplausos na Tecnoshow

Senador destaca força do agronegócio no País

Idealizador da Tecnoshow, Chavaglia é elogiado por Caiado: o setor avançou graças ao trabalho de homens como ele

O empenho do senador Ronaldo Caiado (Democratas) para ajudar os produtores rurais e transformar o agronegócio brasileiro como referência mundial foi destacado nesta segunda-feira (09/04) por lideranças que participaram da abertura da Tecnoshow Comigo em Rio Verde. Com previsão de movimentar R$ 1,7 bilhão em negócios esta semana, a maior feira cultural do Centro-Oeste espera receber até dia ‘ de abril 110 mil visitantes.

Ronaldo Caiado chegou ao evento acompanhado de vários representantes da frente de oposição Unidos para Mudar Goiás, como o senador Wilder Morais (Democratas), os prefeitos Paulo do Vale (Rio Verde) e Renato de Castro (Goianésia), os deputados estaduais José Nelto (Podemos) e Iso Moreira (Democrata), o ex-deputado José Essado (MDB) e o presidente da Faeg José Mário Schreiner.

Ao entrar no auditório lotado, Ronaldo Caiado foi recepcionado de forma calorosa e discursou minutos depois ressaltando as conquistas que ajudou a consolidar para os produtores graças ao seus mandatos na Câmara dos Deputados e no Senado. Ele mencionou desde a luta em defesa da propriedade privada até o renegociamento das dívidas do setor e a derrubada da cobrança retroativa do Funrural.

Para o senador, a luta valeu a pena porque o agronegócio hoje é o principal motor da economia do País. “Transformamos a atividade agropecuária como uma das mais competitivas do globo. O setor teve visão política e sensibilidade de aglutinar forças para eleger representantes em todos os quadrantes. Tenho orgulho de representar uma classe que mostrou não apenas que trabalha, mas que tem competência para exercitar a liderança”, afirmou.

Mesmo com um governo que menosprezou a classe rural, hoje o agronegócio é referência. “Vivemos 13 anos de um governo que elegeu o produtor rural como adversário. E nós conseguimos trabalhar, produzir e mostrar para o mundo que somos a maior alternativa para alimentar as pessoas. Em 50 anos seremos 10 bilhões de pessoas. Hoje convivemos com 1 bilhão delas subalimentadas. Em 1994, me lembro, produzíamos 75 milhões de toneladas de grãos em 36 milhões de hectares de terra. Agora temos 61 milhões de hectares e 226 milhões de toneladas de grãos”, lembrou.

O parlamentar ressaltou que hoje o agronegócio é competitivo, moderno e transforma vidas. “Por isso fico muito feliz e orgulhoso de participar novamente da abertura da Tecnoshow Comigo em Rio Verde, uma cooperativa que coloca o Centro-Oeste como referência mundial. A feira discute a necessidade do uso da tecnologia no aumento da produção, em menos espaço e de forma a preservar o meio ambiente”, afirmou.

Isso só foi possível, segundo o senador, por causa de homens como Antonio Chavaglia, presidente da Comigo, a quem citou no discurso. “Foi graças a homens da garra, determinação e capacidade de liderança do Antonio Chavaglia que o setor avançou. Chavaglia tem a característica de estar sempre à frente em todos os momentos para dar melhor qualidade de vida ao seu povo investindo na área da pesquisa”, elogiou.

Com o momento democrático demandando uma maior atenção da população, o senador fez questão de dizer no seu discurso sobre a necessidade de mudanças no País. “O que nós queremos nesse momento? No impeachment qual era a pauta? Diminuir a carga tributária, cortar na carne, diminuir ministérios, órgãos públicos. O Estado só quer massacrar os produtores com impostos enquanto sequer temos uma ferrovia que funcione de verdade para escoar a produção. O produtor rural paga seus impostos e não recebe os serviços do Estado”, criticou.

Ronaldo Caiado lembrou que o produtor sofre com a falta de segurança, o roubo de animais e da produção. Hoje ele afirma que o goiano quer mudar a fisionomia de Goiás e torná-lo um Estado referência positiva para o Brasil. “Goiás tem solução desde que tenha um governo com transparência,, com autoridade moral, com competência e coragem para enfrentar as adversidades”, discursou.

Elogios

A passagem do senador Ronaldo Caiado pela Tecnoshow Comigo motivou elogios de lideranças por seu trabalho no Congresso a favor dos produtores rurais. O senador Wilder Morais afirmou que é um orgulho tê-lo como colega no Senado.

“Estar visitando a feira junto com o senador Ronaldo Caiado certamente nos orgulha muito porque o Brasil inteiro sabe que o maior político defensor do agronegócio é ele. Ronaldo Caiado é um homem combatente que representa como ninguém o setor rural no Congresso”, elogiou o correligionário.

Prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale falou da familiaridade do parlamentar com as causas rurais e da alegria que o município tem de recepcioná-lo. “Ronaldo Caiado está na casa dele. É nosso maior representante no setor do agronegócio do Brasil. Com seus cinco mandatos na Câmara e agora como senador ele continua um forte aliado do setor rural. É uma alegria recebê-lo aqui, onde encontrou vários amigos e onde população o adora”, disse.

Também integrando a comitiva que chegou com o senador, Renato de Castro elogiou o trabalho de Ronaldo Caiado a favor do homem do campo. “O Caiado dá representatividade ao homem do campo no Congresso há vários mandatos. Se Deus quiser como governador ele vai poder melhorar mais ainda a vida destas pessoas”, afirmou.

Para o presidente da Faeg e pré-candidato a deputado federal, José Mário Schreiner, Ronaldo Caiado é referência no setor. “O senador é um ícone para o setor rural. A presença dele na Tecnoshow é extremamente importante porque traz, além de prestígio, a oportunidade de dialogar com os produtores e ouvir as pessoas para traçar um planejamento para Goiás em 2019. Me sinto gratificado em andar ao lado dele numa feira que representa o que dá certo no Brasil”, contou.

Recém-filiado ao Democratas, o deputado Iso Moreira também enalteceu o colega. “Ronaldo Caiado é referência em todo o Brasil. Um homem sério, atuante, trabalhador, grande líder e honrado. Estamos juntos para mudar Goiás”, afiançou.

Ao final da abertura do evento, Ronaldo Caiado caminhou pelos estandes da feira ao lado do senador Wilder Morais, dos deputados e de lideranças políticas de toda a região Sudoeste que vieram a Tecnoshow recepcioná-lo.

Ronaldo Caiado é homenageado em Feira de Santana

15876012593_5dc40bab39_zO líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), vai ser homenageado no Encontro de Muares de Sela, em Feira de Santana, Bahia, neste domingo (22/02).

Homem do campo, o senador vai ser homenageado pela sua atuação no Congresso em favor do setor agropecuário. O evento reúne criadores de todo o país e tem o objetivo de incentivar a criação do animal híbrido.

Para quem não sabe, o político goiano é casado com a feirense Gracinha Caiado e deve aproveitar a estadia em solo baiano para visitar amigos e familiares do casal. Um jantar marcado para este sábado deve contar com a presença do prefeito Zé Ronaldo, seu correligionário e amigo da família.

Expressão Nacional
Ronaldo Caiado, recém-eleito senador por Goiás e líder do Democratas no Senado Federal, tem se destacado como uma das principais vozes da Oposição no Congresso, ao lado de José Serra (PSDB-SP) e Aécio Neves (PSDB-MG). O senador vai conceder uma série de entrevistas para a imprensa local.